Doença de Huntington

Diagnóstico

 

O diagnóstico preliminar da Doença de Huntington é baseado na avaliação clínica, revisão do histórico médico familiar e exames neurológicos e psiquiátricos.

Além disso, o neurologista pode confirmar o diagnóstico através de um teste genético. Este teste é importante quando não há histórico familiar conhecido da doença. Entretanto, o teste genético não fornece informações que ajudem a determinar um plano de tratamento.

Tratamento

O tratamento medicamentoso pode reduzir alguns sintomas, mas não impede a evolução da doença. Os medicamentos podem agir nos distúrbios do movimento e nos sintomas psiquiátricos. O manejo medicamentoso pode mudar conforme a evolução da doença e aparecimento dos sintomas. Além disso, deve-se ter atenção aos efeitos colaterais associados às medicações. Portanto, as metas e o plano de tratamento devem ser revisados ​​e atualizados regularmente.