Distonia

Diagnóstico

 

O diagnóstico da distonia é feito através de avaliação clínica e histórico médico. Além disso podem ser solicitados: exames de sangue ou urina, ressonância magnética, tomografia computadorizada e/ou eletromiografia (EMG), exame que avalia a atividade elétrica dos músculos.

 

Tratamentos

Toxina Botulínica

Para gerenciar as contrações musculares, é possível realizar aplicações de toxina botulínica (Botox) em músculos específicos para eliminar as contrações musculares e melhorar suas posturas anormais. As injeções geralmente são repetidas a cada quatro meses. Os efeitos colaterais são geralmente leves e temporários. Eles podem incluir fraqueza, boca seca ou alterações na voz.

Medicamentos

Para a distonia generalizada, é mais comum usar medicamentos conhecidos como anticolinérgicos. Esses medicamentos reduzem os espasmos ao bloquear os impulsos nervosos específicos envolvidos na causa. Entretanto, os efeitos anticolinérgicos desses medicamentos também incluem confusão, sonolência, boca seca, visão turva, tontura, constipação, dificuldade de urinar e perda do controle da bexiga, que são incômodos, principalmente em idosos. A benzodiazepina (um sedativo moderado), como clonazepam, baclofeno (relaxante muscular) ou os dois também são administrados normalmente. O baclofeno pode ser administrado por via oral ou através de uma bomba implantada no canal medular. Salientamos nunca usar medicação sem prescrição médica

Fonte: MSD Manuals & Mayo Foundation for Medical Education and Research